Projetos      
Sobre nós    
Inglês
Educação Comunidade Mulheres e Meninas Saúde
A Nossa Historia Missão A Equipe
Notícias Contactos
Inglês Português

Saúde

Melhorar os serviços de saúde e instalações disponíveis para as comunidades locais é uma das principais prioridades da Fundação Zalala. Até o momento, nosso foco principal foi no Idugo. Esta ilha, com uma população estimada de cerca de 10 mil pessoas, não tem instalações de saúde. A nossa visão e ter um Centro de Saude para poder responder as necessidades da popolação da ilha.

Clínica Móvel de Saúde

Enquanto continuamos lutando para obter financiamento com objectivo a construção de um Centro de Saúde para as cerca de 10, 000 pessoas que vivem na Ilha de Idugo, a Fundação Zalala, propôs ao Governo através do Serviço Distrital de Mulher e Acção Social, como solução provisória, a prestação de alguns serviços sob a forma de brigadas móveis de saúde. Como fruto das nossas discussões, foi acordado que entre Setembro e Dezembro do corrente ano (2018), seis brigadas móveis serão efectuadas com equipamento médico e medicamentos, fornecendo consultas e tratamento a população. A incidência será na saúde materna e infantil, serviços HIV e outros tratamentos médicos de caráter geral.

Durante o primeiro período experimental serão elaborados relatórios, um inicial a focalizar a situação sanitária actual da Ilha, outro intercalar e no final em Dezembro que espelhará a situação geral observando o antes e depois da intervenção. Além disso, serão produzidos registos de monitoria e avaliação do empreendimento e acções de nivel sanitário.

Durante um periodo de 3 meses, 237 consultas foram feitas; 272 receitas foram aviadas; 92 pacientes com a malária foram confirmadas; 5 palestras sobre varios temas foram realizadas com acima de 500 participantes; 249 Kits de saúde oral foram distribuidos; 10 implantes inseridos, 17 Depprovera foram administrados e 8 ciclos de pilulas foram distribuidas. Estes servicos foram fornecidas por uma equipe de 11 técnicos de saúde constituida por: 2 enfermeiras de saúde materno-infantil, 2 enfermeiros gerais, 2 técnicos de medicina preventiva, 1 técnico de farmácia, 1 técnico de odontoestomatologia, 1 técnico, 1 de medicina geral, 2 conselheiros e alguns activistas locais.

A realidade observada pelos membros desta Brigada salientou a necessidade urgente de estabelecer um Centro de Saúde completo na ilha para fornecer estes servicos básicos de saúde para a popolação da Ilha.